Pediatra em Taubaté

Pediatria

Pediatra em Taubaté

O Pediatra em Taubaté é o profissional especializado no tratamento de crianças e adolescentes. O pediatra acompanha o crescimento do bebê, mede e pesa a criança, comparando exames anteriores. Orienta e aconselha as mamães desde o nascimento do bebê, e acompanha seu desenvolvimento. O pediatra auxilia os pais na formação da criança, nessa fase que o ser humano se constitui, biologicamente e fisicamente. A garantia do bem estar e saúde da criança é o objetivo primordial do pediatra.

Perfil do Pediatra em Taubaté

  • Relacionamento Social;
  • Autoconfiança;
  • Capacidade de Decisão;
  • Estudioso;
  • Responsável;
  • Solidário;
  • Paciência;
  • Equilíbrio Emocional.

Formação

Para ser um pediatra é necessário possuir diploma de curso superior em Medicina, com especialização em Pediatria. O profissional deve se submeter a avaliação de título ao término do curso, na Sociedade Brasileira de Pediatria, para poder exercer a função.

Atividades

  • Consultas Clínicas;
  • Exames e Diagnósticos;
  • Emitir Atestado e Pareceres;
  • Coordenar Serviços Hospitalares;
  • Prescrever Medicação;
  • Realizar Cirurgias;
  • Tratar Doenças;
  • Manter Registros.

Especialidades e Areas de Atuação

O pediatra trabalha com crianças, na área hospitalar ou clínica. Temos duas formas por meio das quais o pediatra em Taubaté pode atuar. Puericultura: área voltada para a prevenção e acompanhamento do desenvolvimento dos sistemas corporais. Área curativa: responsável pela administração das mais diversas técnicas de tratamento e patologias.

Saiba mais

O leite materno é digerido rapidamente, em torno de 1h30min a 2h, por isso, os bebês amamentados com leite materno devem se alimentar mais vezes do que bebês que se alimentam com fórmulas de leites industrializadas. Muitos bebês necessitam do ato de sugar, do contato com a mãe, para se sentirem seguros. Tudo isso é normal, e não se trata apenas de "mimo", são necessidades de seu bebê.

A medicina surgiu na Antigüidade, com o Pai da Medicina, Hipócrates, que transmitiu aos gregos todos seus conhecimentos. A partir daí, tornaram-se pioneiros no estudo das doenças. Na Idade Média, a utilização de sanguessugas para realizar as sangrias era a principal técnica para curar qualquer doença. Os avanços da ciência médica nessa época foram poucos devido à intervenção da Igreja Católica, com forte pressão sobre as pesquisas científicas. Durante o Renascimento (séculos XV e XVI) a medicina teve grande evolução e os médicos buscavam explicações para todos os casos de doenças. No século XVII, William Harvey, descobriu o sistema circulatório, trazendo enorme progresso. Especialistas entenderam de forma mais profunda a fisiolgia e anatomia desse sistema. A invenção do microscópio, já no século XIX, por Louis Pasteur, gerou um avanço significativo na área. Com essas descobertas e novas tecnologias, a evolução da medicina foi imensa, e, atualmente, temos técnicas para tratamento de quase todas as enfermidades.